Sexta, 18 de Agosto de 2017

Última atualização12:37:36 AM GMT

Você está aqui: FDIM Conferência da FDIM defende unidade e integração para garantir direitos das mulheres
Banner

Conferência da FDIM defende unidade e integração para garantir direitos das mulheres

E-mail Imprimir PDF
VI. Conf. FDIM

Sob o lema “As mulheres da América e Caribe: pela paz, unidade, integração e igualdade de direitos!”, cerca de 200 delegadas e dezenas de convidadas de 23 organizações, representantes de 14 países, se reuniram na capital de El Salvador entre 15 e 17 de abril para a VI Conferência Regional da América e Caribe da FDIM.

Distribuídas em quatro comissões de trabalho, as feministas americanas e caribenhas debateram empoderamento e participação política, direitos humanos de mulheres e meninas — com destaque para a saúde sexual e reprodutiva —, as mulheres no mundo trabalho, além do funcionamento orgânico da entidade. Foram aprovadas também cinco resoluções de solidariedade: com Cuba e contra o bloqueio criminoso imposto pelos Estados Unidos há mais de meio século; solidariedade com o povo da Venezuela; com o ativista porto-riquenho Oscar López; solidariedade a todas as mulheres do mundo, sobretudo em regiões de conflito e vítimas da violência de gênero, e em apoio aos diálogos de paz na Colômbia.

A Conferência também escrutinou a situação das mulheres, mundial e regionalmente, à luz dos 20 anos da realização da Conferência de Beijing das Nações Unidas. Além de realizar um colóquio alusivo aos 70 anos da Federação Democrática Internacional de Mulheres e uma homenagem especial à cubana Vilma Spín — fundadora da Federação de Mulheres Cubanas (FMC) — e à salvadorenha Mélida Anaya Montes — fundadora da Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional—, destacadas militantes pelos direitos das mulheres e dirigentes da FDIM, falecidas, respectivamente, em 2007 e 1983.

Na avaliação a coordenadora da Oficina Regional América e Caribe da FDIM, Alícia Campos, da Federação de Mulheres Cubanas, a VI Conferência foi “exitosa, um encontro muito combativo que transcorreu em quatro comissões de trabalho, de onde saíram muitas resoluções e um plano de ações para colocar em prática.”

Participaram representantes de diversas organizações de Argentina, Brasil, Cuba, Peru, México, Guatemala, El Salvador, Equador, Guiana, Colômbia e Panamá. Além de representantes de Angola, Coreia do Norte e Moçambique, da direção da Federação, presentes ao evento.
A UBM — que também integra o Comitê de Direção da FDIM — esteve presente ao evento. Além de ser responsável pela elaboração do documento-base, a delegada ubemista Mariana Venturini coordenou o grupo de discussão sobre direitos humanos de mulheres e meninas e apresentou a síntese dos debates na plenária final.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar